InternetData CenterAssinante

Estados do Sul se unem para assegurar sanidade nos pomares de maçã

Estados do Sul se unem para assegurar sanidade nos pomares de maçã
Por Redação Engeplus Em 09/06/2017 às 16:52

Os três estados do Sul já são grandes parceiros no fomento à produção de leite e nas discussões sobre a demanda por milho e agora estão prestes a criar o Comitê Interestadual de Sanidade da Pomicultura (Cisp), para defender a sanidade nos pomares de maçã. A portaria deve ser assinada pelos secretários da Agricultura de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul às 9 horas de terça-feira, dia 13, no Centro de Pesquisa para Agricultura Familiar da Epagri (Epagri/Cepaf) em Chapecó.

A intenção do Comitê é propor medidas conjuntas para assegurar ações de vigilância e defesa de pragas e doenças quarentenárias que afetam a pomicultura. O Cisp funcionará como um órgão de assessoramento às entidades de defesa agropecuária dos três estados.

A maior preocupação dos produtores é erradicar o cancro europeu e manter a região livre da Cydia pomonella. Representantes do setor produtivo também farão parte do Comitê.

Os principais estados brasileiros produtores de maçã são Santa Catarina e Rio Grande do Sul, que juntos representam 94,9% da produção nacional e 94,4% da área em produção. Santa Catarina participa com 46% da produção brasileira e 48% da área em produção da fruta no país. 

Leia mais sobre: